Mapa mostra região de Tahoua, no Níger, onde houve massacres contra vilas — Foto: G1

Dezenas de pessoas são mortas em ataques no Níger

Homens armados mataram pelo menos 60 pessoas no Níger no domingo (21), de acordo com a prefeitura da cidade de Tillia.

Os criminosos atacaram três vilas em uma região perto da fronteira com o Mali.

De acordo com a agência Reuters, um funcionário das forças de segurança do país culparam o Estado Islâmico pelos ataques.

O número de mortos pode ser ainda maior: não foi feito um balanço final ainda.

Há uma crise de segurança na região do Sahel, no oeste da África. Há ataques de grupos ligados à Al Qaeda, ao Estado Islâmico e a milícias de diferentes grupos étnicos.

Os últimos ataques podem ter sido uma vingança. Centenas de pessoas foram presas recentemente, por suspeita de pertencerem a grupos armados.

Na semana passada, ao menos 58 moradores de uma outra vila foram assassinados.

*G1

Confira também

Putin assina lei que pode mantê-lo como presidente da Rússia até 2036

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, assinou nesta segunda-feira (5), a lei que abre caminho …