Simone com os senadores Kajuru, do Cidadania, e Esperidião Amin, do PP (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)

Simone consegue apoios de Podemos e Cidadania na corrida pela presidência do Senado

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) selou os apoios do Podemos e do Cidadania na disputa pela presidência do Senado. A sul-mato-grossense ainda busca a adesão da bancada do PSDB.

Conforme noticiou o Metrópoles, o Podemos deve anunciar oficialmente ainda hoje (13) o apoio à Simone. A bancada do partido conta com nove senadores.

Já o Cidadania soma três parlamentares, entre eles Jorge Kajuru (GO), que, com o endosso à sul-mato-grossense, abriu mão de se lançar candidato.

Com os 15 senadores emedebistas e as adesões de Podemos e Cidadania, Simone agora contabiliza 27 votos. O reforço do PSDB elevaria o número para 34.

Enquanto isso, o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) conta com 39 votos. Apoiado pelo atual presidente do SenadoDavi Alcolumbre (DEM-AP), e pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o parlamentar fechou alianças com as bancadas de DEM, PSD, PT, PP, PSC, PL, Pros e Republicanos.

São necessários pelo menos 41 votos para garantir a eleição. O pleito é secreto e “traições” não são descartadas. Exemplo disso é o senador Esperidião Amin (PP-SC), que, conforme noticiou O Antagonista, vai contrariar a posição progressista e declarar apoio a Simone.

*Midiamax

Confira também

Governo do RJ cria carnaval fora de época

O governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, sancionou lei que cria um carnaval …