Assassinado na frente do filho foi atingido por 20 tiros na fronteira

Davi Rodrigues dos Santos, de 36 anos, foi assassinado com 20 tiros de fuzil e pistola, na manhã desta quinta-feira (19) em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande. Ele estava na companhia do filho quando foi morto por pistoleiros, que são procurados pela polícia.

Segundo informações do site Ponta Porã News, Davi estaria envolvido em uma tentativa de homicídio onde um rapaz foi ferido a tiros no braço, no bairro Canada. Davi estava no banco do passageiro.

Nesta quinta (19) ele estava com o filho em um mercado quando os pistoleiros chegaram e Davi teria gritado para não atirarem já que havia crianças no local. A vítima, então, teria saído correndo momento em que trocou tiros com os autores e foi atingido por 20 disparos de fuzil e pistola. Ele tinha perfurações no tórax, braços e pescoço.

Uma familiar de Davi contou que ele estava morando na casa dela, naquela região, há aproximadamente dois meses. No entanto, ela desconhece a motivação do crime ou a autoria. Davi estava foragido.

*Midiamax

(Foto: Ponta Porã News)

Confira também

Homem dá soco no nariz da esposa em discussão por causa de janta

Homem de 42 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar na noite deste sábado (28), na …