Home / Esporte / Abertura da fronteira com MS deve esperar
(Divulgação, La Clave)

Abertura da fronteira com MS deve esperar

Após uma “reabertura forçada” pelos comerciantes de Pedro Juan Caballero, a fronteira em Mato Grosso do Sul pode continuar fechada. Por outro lado, a Ponte Internacional da Amizade deve ser liberada na próxima quinta-feira (15).

A reabertura oficial deve ocorrer após encontro entre os presidentes Mario Abdo Benitez e Jair Bolsonaro, segundo o Portal da Cidade, de Foz do Iguaçu (PR).  Haverá um cordão sanitário desde a cabeceira da ponte até o km 30, em Minga Guazú e até as cidades de Hernandarias e Presidente Franco. 

A previsão é que a entrada no país vizinho ocorra apenas das 5h às 14h e os visitantes têm até as 18h para voltar ao Brasil. Como do outro lado ainda há horário de verão, os dois países manterão sintonia nos relógios.

Por outro lado, a diretora-geral de Migrações, Ángeles Arriola, disse que a reabertura da fronteira em outros pontos pode demorar. “O acordo que se chegou é o de desbloquear a passagem entre a CDE e Foz de Yguazú. Com as demais fronteiras depende muito da negociação com os governadores, já que são estados federais”, afirmou.

Apesar disso, o Exército paraguaio chegou a sair da fronteira entre Ponta Porã e Pedro Juan Caballero, e lojas no país vizinho já reabriram e o trânsito chegou a ficar, na prática, livre.

A retomada do comércio da cidade paraguaia ocorreu na semana passada, mas como ainda não há autorização oficial para entrada no Paraguai, visitantes temiam ser multados e evitam passar para o outro lado.

Os militares voltaram dois dias depois e proibiram novamente o trânsito entre as duas cidades.

Confira também

Cristiano Ronaldo enfrenta novo processo de abuso sexual

Cristiano Ronaldo voltou a estar em destaque na imprensa internacional por causa das acusações de abuso …