Home / Brasil / Dono da Havan e Roberto Jefferson são alvos de operação da PF

Dono da Havan e Roberto Jefferson são alvos de operação da PF

Como desdobrando do inquérito que investiga esquema de disparo de notícias falsas contra autoridades do Supremo Tribunal Federal (STF) e outras figuras políticas, a Polícia Federal conduziu uma operação, nesta manhã (27), com mandados de busca e apreensão que atingem o ex-deputado e presidente do PDT, Roberto Jefferson, o empresário Luciano Hang – dono da Havan -, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) e blogueiro Allan dos Santos. As informações são do portal de notícias G1.

Os quatro são aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). De acordo com a reportagem, as buscas com relação a Jefferson e Hang foram realizadas nas casas deles, no Rio de Janeiro e em Santa Catarina, respectivamente. No caso de Garcia, a ação foi realizada em seu gabinete, na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), onde computadores foram apreendidos. Já as buscas sobre Allan dos Santos ocorreram na casa dele, em de Brasília.

Ao todo, a operação tem 29 mandados de busca e apreensão, por ordem do ministro do STF Alexandre de Moraes, relator do inquérito. Além de Rio de Janeiro e Brasília, há mandados para ser cumpridos também nos estados de São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina.

O inquérito teve origem em março do ano passado, com o presidente do Supremo, Dias Toffoli. A corte apura fake news, ameaças e ofensas caluniosas, difamatórias e injuriosas a ministros da corte e seus familiares.

*Midiamax

Confira também

5G coloca Bolsonaro em saia justa política

A liderança da chinesa Huawei na tecnologia 5G pôs o presidente Jair Bolsonaro em uma saia justa política. Pressionados pelos Estados Unidos, …