Home / Esporte / Por coronavírus, GP do Bahrein de F1 será disputado com portões fechados

Por coronavírus, GP do Bahrein de F1 será disputado com portões fechados

A organização do Grande Prêmio do Bahrein de Fórmula 1 anunciou na manhã deste domingo (8) que a edição deste ano, marcada para o próximo dia 22 de março no Circuito Internacional do Bahrein, em Sakhir, será disputado com portões fechados. Será a primeira vez na história da principal categoria do esporte a motor mundial terá uma prova sem público, em decisão que se dá por conta do surto de coronavírus que atinge especialmente na Ásia.

Após consultarmos nossos parceiros internacionais e o Grupo de Trabalho de Saúde Nacional do Reino, o Bahrein tomou a decisão de realizar o Grande Prêmio do Bahrein de 2020 com portões fechados”, disse a organização da prova, através de comunicado emitido nesta manhã de domingo, admitindo que a corrida só será disputada em respeito aos patrocinadores.

“Como uma nação que recebe a F1, equilibrar o bem-estar dos fãs e o público nas corridas é uma tremenda responsabilidade. Em virtude da surto global de COVID-19, levando em conta um evento esportivo de grandes proporções, aberto ao público e que permite milhares de turistas estrangeiros e fãs interagirem próximos, não seria correto realizar desta vez. Mas, para evitar prejuízos ao esporte e seus patrocinadores, a corrida será apenas um evento televisivo”, seguiu a nota.

“As ações tomadas anteriormente pelo Bahrein para prevenir, identificar e isolar casos de indivíduos com COVID-19 têm sido bem-sucedidas até o momento. Para isso, foram necessárias medidas rápidas e proativas, identificando os afetados pelo vírus, com a grande maioria dos casos relacionados a pessoas que entraram no país viajando por via aérea”, explicou o comunicado.

“Medidas agressivas de distanciamento social aumentaram a efetividade na prevenção da doença, algo que claramente seria impossível de manter caso a corrida fosse realizada como o planejado. Sabemos que muitos ficarão desapontados com a notícia, especialmente os que planejavam viajar para o evento, que se consolidou no calendário da F1, mas a segurança permanece sendo nossa prioridade”, completou a nota.

O Grande Prêmio da Austrália, marcado para o próximo final de semana, está confirmado.

(Com agências)

Confira também

Ronaldinho e irmão não serão acusados

O ex-jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho, preso junto do irmão nesta quinta-feira (5) no Paraguai …