Home / Estado / Ex-diretor ganha mais ‘poderes’ na Agesul

Ex-diretor ganha mais ‘poderes’ na Agesul

O ex-diretor da Agesul (Agência de Gestão de Empreendimentos) Emerson Antônio Marques Pereira, exonerado em janeiro do ano passado, mas nomeado em cargo de comissão de direção superior e assessoramento na Agência, recebeu mais atribuições e responsabilidades, conforme publicação em Diário Oficial, nesta segunda-feira (20).

A portaria da Agesul assinada pelo atual diretor-presidente, Luis Roberto Martins de Araújo, delega competências a Emerson, na função de Diretor-Executivo da Agência, para, também, homologar licitações e assinar requerimentos, formulários e demais documentos necessários à obtenção de Licenças Ambientais, assim como outras licenças e autorizações necessárias para a execução dos empreendimentos.

Emerson também vai assinar Informativos de Plano de Recuperação de Área Degradada – Prade, bem como os Termos de Compromisso para elaboração do Plano e similares, relativos à extração mineral, croquis, memoriais descritivos entre outros documentos correlatos.

O Portal da Transparência do Governo de Mato Grosso do Sul, ainda não atualizou os salários dos servidores de janeiro de 2020, porém, a remuneração de Emerson em dezembro para o atual cargo é de R$ 28.033,42.

Em 17 de janeiro do ano passado, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) assinou a nomeação, realocação e retificação de diversos servidores, muitos comissionados, entre eles, a troca na direção da Agesul.

Luis Roberto Martins de Araújo, acumula as funções de Secretário-Adjunto da Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura) e de Diretor-Presidente da Agência.

Na decisão de Reinaldo, Emerson deixou a direção e foi nomeado para ‘exercer o cargo em comissão de Administração Superior e Assessoramento, símbolo DCA-0, na função de Secretário Especial, na Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica’.

*Midiamax

Confira também

Sexta nublada com chuvas isoladas em MS

O tempo continua instável em Mato Grosso do Sul nesta sexta-feira (14.02). O Instituto Nacional …