Home / Esporte / Após polêmica, presidente do Conselho do Palmeiras mantém apoio a Maurício Galiotte
Reunião de diretoria na sede social do Palmeiras, na última quinta-feira — Foto: Arquivo Pessoal

Após polêmica, presidente do Conselho do Palmeiras mantém apoio a Maurício Galiotte

No mesmo dia da apresentação de Mano Menezes, o Palmeiras começou a tentar deixar no passado a polêmica envolvendo as críticas de Seraphim Del Grande, presidente do Conselho Deliberativo, ao presidente Maurício Galiotte e ao diretor Alexandre Mattos.

Na noite da última quinta-feira, horas depois da primeira entrevista do novo treinador na Academia de Futebol, os dirigentes se reuniram na sede social do Verdão para uma reunião de diretoria. Com Galiotte e Seraphim dividindo a bancada.

– Não vou me afastar do presidente Galiotte. Discordo da posição de manter o Mattos, mas não é motivo para não apoiá-lo – disse Seraphim antes da reunião, quando ele comunicou aos presentes apoio ao projeto da atual diretoria.

Seraphim Del Grande teve dois áudios vazados no início da semana. Ele criticou a demissão de Felipão e a manutenção de Alexandre Mattos. O dirigente chegou a falar em “inferno” e “enterro” do mandato de Maurício Galiotte se a opção pela contratação de Mano Menezes fosse confirmada.

Alexandre Mattos tem convivido com forte pressão nos bastidores do clube e até com ameaças de uma organizada. Mas a contratação da nova comissão técnica dá mais segurança ao dirigente, que tem contrato com o Verdão até o fim de 2021.

Na última quinta-feira, a apresentação de Mano Menezes foi acompanhada de perto pelo presidente Maurício Galiotte, pelo diretor Alexandre Mattos, pelo vice-presidente Paulo Buosi e pelo casal Leila Pereira e José Roberto Lamacchia, conselheiros e patrocinadores do Verdão. Seraphim Del Grande não esteve presente.

*Globo Esporte

Confira também

Seleção brasileira recua para 3ª posição no ranking da Fifa

A seleção brasileira caiu uma posição no ranking mundial masculino da Federação Internacional de Futebol (Fifa) e …