Home / Entretenimento / ‘Big Little Lies’ retorna com Meryl Streep no elenco retratando o atual problema da violência doméstica
© Foto: Divulgação

‘Big Little Lies’ retorna com Meryl Streep no elenco retratando o atual problema da violência doméstica

Para quem aguardava há mais de 1 ano o retorno da série de grande sucesso ‘Big Little Lies’, não teve como se desapontar com seu retorno neste domingo (9). A segunda temporada está definitivamente diferente – mas continua excelente, a julgar pelo primeiro episódio. Com a adição de ninguém menos que Meryl Streep ao já estrelado elenco encabeçado por Nicole Kidman, Reese Whiterspoon, Shailene Woodley, Laura Dern e Zoe Kravitz, a série continua entregando atuações de primeira linha e um roteiro deliciosamente bem construído.

Sem o mistério de quem matou/quem morreu que movimentou o primeiro ano, porém, o novo ano ganha leveza, e mais espaço para se concentrar em suas personagens fascinantes. Baseada no livro homônimo de Liane Moriarty, a produção foi originalmente concebida como uma minissérie, limitada a sete episódios. Sua repercussão entre público e crítica, no entanto, foi tão positiva que todos os envolvidos aceitaram retornar para mais sete, cuja história foi desenvolvida por Moriarty em parceria com o criador da série, David E. Kelley. Agora, o foco está em como as mulheres lidam com o segredo em torno da morte de Perry (Alexander Skargarsd), o marido abusivo de Celeste (Kidman) e o estuprador de Jane (Woodley).

Obviamente, toda a trama ainda persiste em uma experiência turbulenta: Celeste ainda tem pesadelos com Perry; sua sogra, Mary Louise (Streep), surge disposta a descobrir a verdade por trás da morte do filho; e Bonnie (Kravitz), que deu o empurrão fatal, está consumida pela culpa. Enquanto isso, Madeline (Whiterspoon), de emprego novo, enfrenta problemas com a filha, e a poderosa Renata (Dern) se preocupa com sua pequena Amabella, vítima de bullying no ano anterior. A em melhor situação é Jane (Woodley), que parece ter superado os traumas causados pelo abuso e agora é funcionária de um aquário. Nicole Kidman, vencedora do Emmy e do Globo de Ouro pelo papel, retorna como a grande força dramática da série, com uma interpretação delicada que deixa entrever as marcas deixadas por anos de agressões e violência doméstica. Ela está em boa companhia com Streep, ótima como a mãe intensa e levemente desconectada da realidade que se recusa a enxergar os maus comportamentos do filho.

Estão na conta das veteranas alguns dos melhores momentos da volta de Big Littles Lies. Os diálogos que ela tem com Madeline são particularmente afiados – e responsáveis por boa parte do humor (sarcástico) que confere um frescor à série. É uma pena que o episódio seja curto: são apenas 44 minutos de duração, que passam voando. Fica a vontade de continuar vendo o que vem por aí para as “cinco de Monterey”.

Big Little Lies vai ao ar aos domingos, às 22h no canal da HBO.

*Jetts

Confira também

Megadeth cancela show no Brasil após vocalista descobrir câncer

O Megadeth não participará mais do Rock in Rio, no próximo semestre. O anúncio do …