Home / Estado / Balanço sobre fronteira de MS será apresentado para Moro
Ministro Sérgio Moro terá acesso a balanço sobre questões da fronteira do Estado - Foto: Agência Brasil

Balanço sobre fronteira de MS será apresentado para Moro

Balanço da fronteira do Estado será apresentado para o ministro da Justiça Sérgio Moro na tarde desta segunda-feira (25). A bancada federal de MS pediu para que a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) de Mato Grosso do Sul encaminhasse balanço das questões fronteiriças para que a pauta seja debatida em reunião que ocorre hoje.

O objetivo do encaminhamento dos dados é para que o ministro possa se sensibilizar e dar celeridade no que diz respeito aos recursos federais que devem ser repassados para o Governo do Estado. A maior justificativa para que isso aconteça é de que o Executivo tem gastado demasiadamente com a segurança de fronteira, problema que acaba sendo de todo o País e não apenas de Mato Grosso do Sul.

De acordo com dados da Sejusp, só com gastos de alimentação para presos por tráfico de drogas no Estado, são mais de R$ 11 milhões por mês. Outro dado importante é o de que o Estado tem 1.517 km de fronteira, dos quais 1.131 são com o Paraguai e 386 km com a Bolívia, desses 549 km são de fronteira seca.

Em 2018 foram apreendidas 335 toneladas de drogas no Estado em 3.798 ocorrência que foram atendidas por agentes de polícia de MS.

Outro dado assustador é o de que, das 9.068 vagas para presos, 7.482 são ocupadas pelo tráfico de drogas. O número total de presos hoje, nos presídios do Estado, é de 18.027, resultando em superlotação do sistema.

Os dados foram pedidos pela senadora Soraya Tronicke (PSL), na semana passada. Na ocasião, a senadora visitou a fronteira com o deputado federal Loester Trutis, também do PSL.

CCJ

Na próxima quarta-feira (27) outra sul-mato-grossense vai se encontrar com o ministro Sérgio Moro. Será a vez da senadora Simone Tebet (MDB), a parlamentar vai receber o ministro em reunião que ele marcou com a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado. A pauta da reunião será apresentar o pacote anticrime para os senadores.

*Correio do Estado

Confira também

O mistério do Presidente do Senado

O Senado dispõe de um moderno parque gráfico que, entre outras coisas, imprime tudo que …