Home / Capital / Verba para revitalização leva otimismo à antiga rodoviária
Poucos comerciantes ainda resistem no prédio da antiga rodoviária - Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado

Verba para revitalização leva otimismo à antiga rodoviária

A possibilidade de revitalização do prédio do Complexo Empresarial Terminal do Oeste Heitor Eduardo Laburu, a antiga rodoviária de Campo Grande, traz o otimismo de volta para que há anos administra o prédio com 42 anos de inauguração. Conforme Rosane Nely Lima, síndica do local, R$ 15,5 milhões serão destinados para uma revitalização do prédio. O dinheiro está previsto no orçamento de 2019 da União como emenda parlamentar.

“Temos muitas novidades para 2019. Tem essa verba que vem do Pedro Chaves e do Waldemir Moka e teremos também em julho a obra do Reviva Centro que será feita no entorno”, disse.

O prédio tem 23 salas ao todo, contando com dois cinemas, mas apenas 50 delas estão sendo utilizadas. O segundo andar está interditado pelo Corpo de Bombeiros para que sejam feitos reparos. Com uma parcela da Prefeitura de Campo Grande, 11% de acordo com o administrador da cidade, Marcos Trad, mas 9% segundo a síndica, o valor da emenda vai atender apenas a parte pública complexo.

*Correio do Estado

Confira também

Acusada de negligência, prefeitura renova licença do Alphaville 3

Acusada de negligência em ação pública que pede a anulação das licenças ambientais do condomínio …