Home / Capital / IPTU à vista deve gerar receita de R$ 180 milhões à Capital
A Central do IPTU, ao lado da prefeitura, recebe contribuintes das 8h às 16h - Foto: Luiz Alberto / Correio do Estado

IPTU à vista deve gerar receita de R$ 180 milhões à Capital

Pagamentos à vista do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), de Campo Grande, já renderam aos cofres públicos municipais, até ontem, R$ 61,8 milhões, e o montante deve chegar aos R$ 180 milhões hoje, último dia para efetuar o pagamento à vista com 20% de desconto. “Ano passado, recebemos  R$ 120 milhões  no último dia. É esperado algo em torno disso [para esse ano]”, afirmou o titular da Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento da Capital (Sefin), Pedro Pedrossian Neto.

Ele destaca ainda que, os R$ 61,8 milhões arrecadados até ontem representam alta de 4,38% em comparação ao mesmo período de 2018.

Ao todo, aponta, foram emitidos R$ 600 milhões em boletos do IPTU, com expectativa de receber, ao menos, R$ 400 milhões, devido à inadimplência. “Pelo menos a metade desse valor [R$ 200 milhões] deve ser paga em janeiro e fevereiro, e o restante parcelado em dez vezes”, explicou. “Até o momento, está tudo dentro da nossa expectativa, dentro da normalidade”, completou o secretário.

O pagamento à vista, que se encerra hoje, traz desconto de 20%. Para o pagamento à vista até o dia 10 de fevereiro, o desconto será de 10%. Já para o parcelamento em dez vezes, a dedução é de 5%. O desconto será concedido por parcela, desde que quitada até a data de seu vencimento.

*Correio do Estado

Confira também

Lojas do Grupo Bigolin voltam a funcionar nesta sexta-feira

Os percentuais de alunos com aprendizado adequado têm aumentado nos ano iniciais do ensino fundamental …