Home / Estado / Disputa por 1ª secretaria da Assembleia fica acirrada
Eduardo Rocha queria ser presidente, mas ficou inviabilizado por causa do MDB nas eleições - Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado

Disputa por 1ª secretaria da Assembleia fica acirrada

Está cada dia mais acirrada a disputa pela segunda cadeira mais poderosa da Assembleia Legislativa, a de primeiro-secretário. Atualmente no cargo, o deputado estadual Zé Teixeira (DEM) não abre mão da vaga. Ele conta com o apoio do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), mas, ainda assim, não possui garantida a sua continuidade na função. Isto porque deputados do próprio PSDB afirmaram à reportagem do jornal Correio do Estado não haver consenso em torno do nome de Teixeira.

Além disso, há contra a reeleição do democrata a intenção do grupo denominado G-10 de eleger nome novo na primeira-secretaria. Dentro desse bloco, destaca-se o deputado estadual eleito, Coronel David (PSL). Líder do G-10, ele afirmou ter conversas avançadas com um potencial novo integrante e “outros dois”.

Hoje, entre deputados reeleitos e novatos, o bloco é composto por: Capitão Contar e Coronel David, ambos do PSL, Londres Machado (PSD), Neno Razuk (PTB), Herculano Borges (Solidariedade), Gerson Claro (PP), Antônio Vaz (PRB), Evander Vendramini (PP), Lucas de Lima (Solidariedade) e João Henrique (PR).

*Correio do Estado

Confira também

Bolsonaro espera Câmara não siga Senado

O presidente Jair Bolsonaro comentou na noite desta terça-feira, 18, pelo Twitter, a derrubada, pelo Senado, do …