Deputados consideram aumento salarial natural - Foto: AL/MS

Deputados defendem que aumento de salários é “normal”

Deputados estaduais consideram reajuste salarial “normal e natural” e acreditam que vão precisar se posicionar para enfrentar o assunto. “O desgaste é natural, sempre tem esse desgaste e essa Mesa Diretora tem essa obrigação de deixar claro isso (o valor do aumento salarial)”, declarou deputado Paulo Corrêa (PSDB).

Corrêa afirmou também que o desgaste tem sido maior na Câmara Municipal de Campo Grande porque a situação é diferente. “Aqui é um projeto de resolução, lá o Executivo que tem que mandar”, explicou ele.

Como a proposta do aumento salarial dos deputados estaduais é “efeito cascata” conforme aumento determinado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), parlamentares da assembleia legislativa de Mato Grosso do Sul acreditam que o assunto não precisa ser discutido. “É efeito cascata, Tem que seguir o que está na lei”, declarou deputado Márcio Fernandes (MDB).

O deputado do PT, Amarildo Cruz criticou a proposta declarando que momento de crise não comporta aumento de salários. “Absurdo, reajuste desnecessário, sempre fui contra”, disse ele.

O reajuste dos salários dos deputados será de 75% dos salários dos deputados federais. O valor dos salários dos deputados estaduais de Mato Grosso do Sul é de R$ 25.322,25, com o reajuste, o valor salta para R$ 29.469,99. A expectativa é de que o reajuste ocorra ainda essa semana em Brasília.

*Correio do Estado

Confira também

Assomasul se reúne com o Governador para adoção de medidas mais restritivas contra a COVID-19

Nesta terça feira (08/06), o governador Reinaldo Azambuja esteve presente na Assomasul juntamente com os …