Suspeito preso pelo SIG. - Foto: Divulgação

Após descobrir venda de casa, jardineiro espanca idosa

O Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil de Dourados prendeu ontem o jardineiro Edinaldo Félix Rocha, de 32 anos, suspeito de espancar e esfaquear uma mulher de 60 anos para roubar R$ 2 mil. Ele não tem outras passagens e disse que se motivou porque enquanto prestava serviços na casa da vítima, escutou ela falar sobre a venda de um imóvel, e imaginou que haveria valores na casa. Apesar da violência, a mulher se recupera bem.

Conforme relatado pelo delegado Rodolgo Daltro, titular do SIG, por volta das 07h30 do último sábado, ao abrir a porta de sua casa localizada na região do Jardim Universitário, a vítima foi surpreendida pelo ladrão que usava capuz e passou a agredi-la com socos no rosto e cabeça. Além disso, a esfaqueou nas costas. Percebendo que ela estava desmaiada no chão, o homem roubou o dinheiro que estava em uma carteira dentro do carro e fugiu.

A vítima foi encontrada caída sobre uma poça de sangue, socorrida e encaminhada ao Hospital da Vida. Acionado, o SIG passou a fazer investigações e chegou a Edinaldo, que confessou o crime. Ele disse que desde a noite de sexta-feira ficou escondido no local destinado ao consumo de energia da casa, esperando a vítima surgir. O homem expôs que, ao cortar a grama na casa da mulher em outra ocasião, ouviu ela falar sobre a venda de um imóvel, o que lhe atiçou a cobiça.

Com ele foram recuperados R$ 340. “O caso há de servir como alerta à população sobre os cuidados que se deve adotar com a contratação de prestadores de serviço, principalmente no que diz respeito aos comentários realizados na presença ou proximidade deles”, explicou o delegado.

*Correio do Estado

Confira também

Morador de MS é preso no PR com R$ 2 milhões em cocaína dentro de tanque de combustível

Morador de Mato Grosso do Sul foi preso nesta sexta-feira (18) na cidade de Apucarana …