Prefeito deve confirmar valor no final da tarde de hoje - Foto: Valdenir Rezende

Prefeito se diz engessado e obrigado a aumentar para R$ 3,95 a tarifa do ônibus

O prefeito Marcos Trad (PSD) deve confirmar até o final desta tarde o aumento da tarifa de ônibus para R$ 3,95. “Vai ser isso mesmo. Pelo que estão colocando aqui o prefeito fica engessado”, acrescentou.

Por questões contratuais, Trad deve acatar o cálculo apresentado pelo Consórcio Guaicurus e o novo valor passa a valer na segunda-feira  (03) como obriga o documento.

“Questionei se eu tenho flexibilidade para diminuir. Mas se eu colocar menor, eles recorrem, ganhar e vai ser cobrado o valor retroativo. Seria irresponsabilidade minha. Não posso brincar com coisa séria”.

Os cálculos foram explicados tecnicamente para o Chefe do Executivo. “Tem exigências em contrato e aplicação de fórmulas. O Consórcio alega que o valor deveria ser R$ 4,50. Eles querem pedir o equilíbrio econômico financeiro”.

As justificativas da empresa que administra o transporte público da Capital são a queda no número de passageiros, aumento do número de gratuidade, desvalorização do preço de revenda dos veículos e dificuldade de financiamento de novos veículos .

“Nenhum reajuste será acima do que prevê o contrato. O consórcio Guaicurus tem uma fórmula que tem variação do INPC, preço do litro do diesel, reajuste salarial dos funcionários e o custo de manutenção dos veículos”.

O valor do litro do diesel impacta 35% no preço final da tarifa. Nos últimos 12 meses houve variação de 8,02% no preço do combustível.

Já o reajuste dos funcionários equivale a 34% e neste ano houve aumento de 5,21% do salário. O prefeito justifica que desde o início da sua gestão o aumento do vale transporte sofreu aumentos menores do que na administração passada.

No quadro comparativo apresentado o valor da tarifa em 2013 era de R$ 2,70 e passou para R$ 3,00 no ano seguinte. O que significou um aumento de 11,11%.

Já em 2015 o vale transporte subiu para R$ 3,25, ou seja 8,33%.  Em 2016 o passe aumentou para R$ 3,55, um reajuste de 9,23%.

Quando Trad assumiu o Executivo o aumento foi de 4,23%, passando a ser cobrado o atual valor de R$ 3,70. “Agora caso se concretize, o que me parece que será, os R$ 3,95 representa um reajuste de 6,67%”.

*Correio do Estado

Confira também

Em Bela Vista, estrada das Caieras recebe os primeiros quilômetros de asfalto

Essa semana nossa redação esteve em um dos trechos do asfalto da estrada das Caieras. …