Sem tarifa mínima consumidor deve pagar apenas o que consumiu ao longo do mês - Foto: Bruno Henrique/Correio do Estado

Águas almeja reajuste de 4% e não descarta mais aumento

Os moradores de Campo Grande terão pelo menos 4% de aumento na conta de água, conforme o índice apresentado ontem na reunião do Conselho de Regulação da Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos (Agereg), por conta do reajuste anual de contrato entre a Concessionária Águas Guariroba e a Prefeitura de Campo Grande. Porém, além dos 4% os clientes ainda podem ter um outro aumento com a revisão de contrato que será feito pela empresa e encaminhado a administração municipal por conta da possível exclusão da tarifa mínima que é cobrada. A proposta tem que ser aprovada e sancionada pelo prefeito Marcos Trad (PSD).

De acordo com a representante da empresa no conselho regulatório, Ana Paula Molina, com Águas Guariroba acatando o decreto municipal de 2017 que exclui a cobrança mínima de abastecimento de água e esgotamento sanitário, todas as taxas devem ter um aumento além do reajuste de 4%. O pagamento do serviço é dividido entre tabela social, residencial, comercial, indústrial e poder público.

Conforme apresentado na reunião, caso sancionado o rejuste de 4%, o valor do metro cúbico de abastecimento de água pode variar de R$ 2,12 para tarifa social de quem consome até 20m² a R$ 24,27 para o poder público que utilizar mais de 20m³. E a taxa de esgotamento sanitário de R$ 1,48 a R$ 16,99, respectivamente.

Desde o decreto de 26 outubro de 2017 a administração municipal e a concessionária disputam na Justiça a volta ou a suspensão da cobrança mínima. A última decisão foi neste mês, quando o desembargador Marcos José de Brito Rodrigues, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), aceitou recurso de apelação da empresa Águas Guariroba e derrubou decreto da prefeitura que suspendia a tarifa mínima de água. Os carnês de dezembro já estão com a cobrança.

*Correio do Estado

Confira também

Em Bela Vista, estrada das Caieras recebe os primeiros quilômetros de asfalto

Essa semana nossa redação esteve em um dos trechos do asfalto da estrada das Caieras. …