Home / Capital / Empreiteira Selco é punida por Prefeitura e não poderá ser contratada em dois anos
Complexo Vila Nasser está com as obras paradas e aguarda nova contratação de empreiteira - Foto: Divulgação/Arquivo

Empreiteira Selco é punida por Prefeitura e não poderá ser contratada em dois anos

A Prefeitura de Campo Grande puniu a Selco Infraestrutura com a suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com a Administração, por prazo não superior a dois anos. A decisão ocorreu após processo administrativo que a empresa respondeu.

“É a penalidade imposta pela não execução do contrato de Drenagem e Pavimentação asfáltica do Complexo Nasser. Será chamado o segundo colocado na licitação. Se aceitar será assinado o contrato”, explicou o secretário Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep), Rudi Fiorese.

A empreiteira tinha retomado em maio a obra travada desde 2012. Porém há algum tempo estava com as máquinas paradas. O andamento do processo de drenagem é acompanhado com a implantação do esgoto da Águas Guariroba, que também foi suspenso.

Ao todo estão programados  R$ 15 milhões de investimentos no local, sendo recursos do Município em parceria com o governo do Estado. Outros R$ 122 milhões são provenientes de parceria com o governo Federal, que incluem os complexos Mata do Jacinto e Bálsamo.

A Selco já foi notícia por dar calote em funcionários e ganhar aditivos milionários, além de também fazer contratos de tapa-buraco na Capital, mas no momento o secretário afirmou que não há documentos deste tipo em execução. “A decisão de rescisão será repassada para outros contratos. Faremos isso com mais um em andamento no Jardim Seminário”, afirmou Rudi.

*Correio do Estado

Confira também

Carne estragada era vendida moída em supermercado da Vila Jussara, na Capital

O Órgão de Defesa do Consumidor (Procon) de Campo Grande apreendeu ontem carne imprópria para …