Home / Entretenimento / ‘Xuxa que prove que eu a roubei’: Marlene Mattos responde a acusações
Xuxa com a empresária Marlene Mattos - 12/04/1994 (Paulo Jares/VEJA/Dedoc)

‘Xuxa que prove que eu a roubei’: Marlene Mattos responde a acusações

O telefone de Marlene Mattos não para de tocar um minuto desde que Xuxa Meneghel concedeu entrevista à revista Caras, da Argentina, na última sexta (21). Quinze depois de romper com sua empresária e guardiã, a Rainha dos Baixinhos quebrou o silêncio e disse que se sentia usada e abusada. E, mais além: roubada.

Xuxa e Marlene trabalharam juntas por quase 20 anos. A parceria começou em 1984, ainda na Manchete, e rendeu êxitos televisivos como Xou da Xuxa (1986-1992), Xuxa Park (1994-2001) e Planeta Xuxa (1997-2002), além de uma carreira internacional, milhões de discos vendidos e filmes que se tornaram sucesso de bilheteria.

Depois que se separaram, em 2002, as carreiras das duas nunca mais foram as mesmas. Depois de várias tentativas fracassadas, a Globo optou por não renovar o contrato de Xuxa e ela foi para a Record. Marlene ainda ficou um tempo na emissora carioca e dirigiu o musical Jovens Tardes, exibido de 2002 a 2004. Dispensada, assumiu o cargo de diretora artística na Band. Também passou pelo SBT e lançou um canal pago que saiu do ar por falta de dinheiro para o aluguel. Hoje, dá consultoria de marketing e trabalha na campanha do candidato ao governo paulista pelo PDT, Marcelo Cândido.

Em entrevista a VEJA, Marlene diz que tem a consciência limpa e afirma que vai processar a Rainha dos Baixinhos.

Uma amiga me mandou um link de uma matéria. Quando li, fiquei surpresa e chateada, claro. Mas não me abalei porque tenho a minha consciência tranquila.

Vocês romperam há 15 anos. Você tem ideia do porquê de ela ter resolvido falar disso agora?
Essa Xuxa de hoje, que parece ter perdido a receita do sucesso, eu não conheço! Essa que está recorrendo ao passado porque seu presente é incerto e não tem nada de coerente eu também não conheço… Logo, difícil saber as razões. A Xuxa que eu conheço ficou lá atrás… mas você consegue vê-la ainda no YouTube! Está tudo lá!

Ela relata ter sofrido abusos. O que ela quis dizer com isso?
Olha, se for no sentido disciplinar, eu até admito que, por vezes, fui exagerada. É que eu sempre quis que ela fosse a melhor de todas. Agora, se for em outro sentido, digo que sempre lembrava da minha avó que falava: “Onde se come o pão, não se come a carne”. E, para mim, o que minha avó dizia era lei!

Você tem conhecimento de abusos?
Se eu morresse hoje, morreria com a declaração dela, dada ao Fantástico, porque esse assunto nunca esteve em pauta enquanto fomos parceiras. (Em 2012, Xuxa revelou ao programa que sofrera abuso sexual até os 13 anos de idade)

Xuxa afirmou que foi roubada. Você pegou dinheiro dela?
Eu não pegava em dinheiro, eu assinava contratos e cheques e, às vezes, dependendo do valor, ela assinava junto.

Ela não sabia quanto ganhava?
Para ser justa com a Xuxa do passado, saber, ela sabia, sim! Ela sempre gastou muito, mas não ficava perguntando o que ganhou. O fato é que: o que ela queria, ela nunca deixou de ter. E isso custava dinheiro que sempre veio do trabalho, prospectado por mim e realizado por nós.

O dinheiro dela era gasto com o que, então?
Preciso fazer justiça com a Xuxa com a qual trabalhei: ela sempre foi generosa com a família, com o social, gostava de comprar imóveis e não economizava nas produções e superproduções de shows. Ela também gastava com viagens e investimentos no fortalecimento da imagem criada como “Rainha dos Baixinhos”. Imagem essa que hoje ela renega…

Durante 20 anos, vocês formaram uma dupla de sucesso. Qual o seu patrimônio hoje?
Eu tinha um sítio, um apartamento e uma fazenda (de lazer). Vendi tudo para me manter. Não tenho filhos, por isso, o que tiver que deixar, deixo em vida. Meu patrimônio hoje é: minha vida, minha capacidade de criação, disposição para o trabalho e alguns extraordinários amigos.

E por que vocês romperam?
Quando eu conheci a Xuxa, ela era namorada de um famoso, mas isso não era suficiente para transformá-la no ícone que se transformou. Ela não era atriz, cantora, apresentadora, nem humorista… a profissão dela era modelo. Ela queria apresentar programas para crianças, mas tinha posado nua para revistas masculinas e feito um filme em que também aparecia seminua.

Tudo foi trabalho, mas era difícil explicar! Então foi necessário criar estratégias que desconstruíssem a imagem sexy de “Coelhinha da Playboy” para uma espécie de Barbie. Deu trabalho? Deu! Muito trabalho! E foi necessário também ter muita dedicação, determinação, renúncia e foco. Nada disso seria possível com mimimi, até porque eu não acredito em mimimi… parece coisa de gente molenga, o que eu, definitivamente, não sou. Fizemos muitas coisas juntas, nunca ninguém vai poder dizer que eu disse que fiz sozinha. Sempre disse que foi um “encontro marcado da fome com a vontade de comer”! Então, posso dizer que, quando descobrimos que não havia mais alegria em realizarmos um bom trabalho, rompemos.

É verdade que você vai processá-la?
Sim! Hoje assinei procurações para meus advogados e eles vão entrar, inicialmente, com cinco processos contra ela. Agora é com a Justiça! Xuxa que prove que eu a roubei. Sempre fui discreta e vou continuar sendo. Não quero fazer desse momento um evento.

*Veja

Confira também

‘Tyrion’ fala sobre ‘Game of Thrones’: ‘A morte pode ser um ótimo final’

Apesar de a temporada final de Game of Thrones ainda estar um pouco distante — vai estrear …