Home / Esporte / Palmeiras enfrenta Cerro Porteño em reestreia de Felipão na Libertadores

Palmeiras enfrenta Cerro Porteño em reestreia de Felipão na Libertadores

Após voltar ao comando do Palmeiras no último fim de semana, em empate em 0 a 0 diante do América-MG em Belo Horizonte – pelo Campeonato Brasileiro -, Luiz Felipe Scolari fará sua reestreia pelo clube na Copa Libertadores, principal objetivo de 2018 e torneio pelo qual foi campeão com o clube em 1999. Nesta quinta-feira, o adversário será o Cerro Porteño, no estádio General Pablo Rojas, chamado de Nueva Olla, em Assunção, às 21h45 (de Brasília).

Em 36 anos de carreira, o treinador, que fará 70 anos em novembro, ganhou 22 torneios no formato eliminatório. Em cinco Libertadores, tem dois títulos e um vice. Neste ano, assume o clube, que terminou a primeira fase com a melhor campanha.

A presença do treinador é uma segurança para o Palmeiras superar a barreira das oitavas – desde 2009 a equipe não passa dessa fase. No ano passado foi eliminado dentro de casa pelo Barcelona do Equador. Contra o Cerro, o técnico terá desfalques: o lateral Marcos Rocha e o atacante Willian estão machucados e nem viajaram para o Paraguai. Os substitutos deles devem ser Mayke e Hyoran.

Reforma na casa do Cerro Porteño

O estádio General Pablo Rojas passou por uma ampla reforma durante dois anos, até ser reinaugurado em agosto do ano passado e assumir o posto de praça esportiva mais moderna do Paraguai. A obra custou cerca de 70 milhões de reais e um grupo da principal torcida organizada ajudou na revitalização do local, que passou por ampla modernização da parte elétrica, construção de camarotes, rebaixamento do campo e ampliação dos vestiários e da capacidade de público, agora aumentada para 45.000  pessoas.

O plantio do gramado contou com pedaços de campo que sobraram das arenas brasileiras da Copa do Mundo de 2014. A inauguração foi em um amistoso com o Boca Juniors, no ano passado. Os argentinos ganharam por 2 a 1.

*Com Estadão Conteúdo

Confira também

Brasil x Argentina: clássico sem Messi vale taça na Arábia Saudita

Brasil e Argentina, protagonistas do maior clássico do futebol sul-americano, se enfrentam nesta terça-feira, a partir das 15h (de …