Home / Capital / Município mantém apenas três de oito conselhos necessários

Município mantém apenas três de oito conselhos necessários

Campo Grande tem deficit de, pelo menos, 25 conselheiros tutelares. Com mais de 800 mil habitantes, de acordo com estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de agosto de 2017, a Capital deveria ter no mínimo oito conselhos tutelares, com total de 40 profissionais. Mas, atualmente, existem apenas três instalados nas regiões norte, centro e sul, com 15 conselheiros ao todo.

Na tentativa de minimizar o problema, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) abriu processo para escolha dos membros do 4° e do 5° Conselho Tutelar, criados respectivamente em julho de 2016 e dezembro de 2017, que devem funcionar na região do Jardim Noroeste, ou Tiradentes, e no Vilas Boas.

O conselheiro atua quando há violação ou ameaça aos direitos das crianças e dos adolescentes. Dados do Sistema de Informação para Infância e Adolescência (Sipia) apontam que os conselhos tutelares da Capital atenderam 1.585 casos no ano passado; este ano – até sexta-feira (3) – foram 765 atendimentos.

*Correio do Estado

Confira também

Feira 4.0 cumpre a missão de aproximar negócios da inovação e tecnologia

Com o tema “Tecnologia Inspira Negócios”, a Feira do Empreendedor 4.0, realizada pelo Sebrae em sua …