Home / Política / Cantor é morto em tabacaria de Três Lagoas

Cantor é morto em tabacaria de Três Lagoas

O cantor Jorge Edson dos Santos Ferreira, 27 anos, conhecido como Pele Negra, foi morto a tiros dentro de uma tabacaria na região central de Três Lagoas, na madrugada deste domingo (5). Outras três pessoas foram baleadas na ação dos dois autores. A vítima havia acabado de chegar ao local e não tinha relação com os suspeitos.

Segundo a polícia, o crime aconteceu por volta das 3h e o atirador foi identificado por testemunhas como um jovem de 24 anos. De acordo com o relato dado, ele foi expulso por seguranças do estabelecimento após iniciar uma briga. Voltou depois armado na companhia de um comparsa, ainda não identificado, e atirou ao menos cinco vezes contra o portão de entrada, que estava fechado.

Um dos tiros acertou Pele Negra, que chegou a ser socorrido a um hospital da cidade, mas não resistiu ao ferimento e morreu ainda na ambulância.

Dos feridos, dois deles eram funcionários da tabacaria, um garçom, baleado em um dos braços, e um segurança, atingido no peito. Além deles, um outro cliente foi atingido. Todos continuam internados e não há informações sobre seus estados de saúde.

O caso foi registrado na Delegacia de Três Lagoas como homicídio qualificado por motivo fútil e a polícia não havia localizado os suspeitos até a publicação desta reportagem.

Pele Negra deixa uma filha de 5 anos. Natural da própria Três Lagoas, era conhecido e admirado na cidade. Sua morte gerou grande repercussão nas redes sociais.

*Correio do Estado

Confira também

Simpatizantes de Bolsonaro e Haddad organizam atos no país

A uma semana do segundo turno das eleições, movimentos políticos e de ativistas preparam uma …