Home / Estado / Agronegõcio / Produtores terão acesso online a pesquisas agrícolas de MS

Produtores terão acesso online a pesquisas agrícolas de MS

Os produtores rurais sul-mato-grossenses e demais profissionais do segmento agropecuário já podem acessar dados compilados pela Fundação MS, referentes às pesquisadas divulgadas nos último 10 anos, em diferentes regiões do Estado.

A ferramenta foi disponibilizada publicamente, por intermédio do Portal do Associado, lançado em janeiro deste ano, durante a feira Showtec 2018, realizada no município de Maracaju. Um dos resultados que já está disponível diz respeito a safra 2017/2018.

Além dos resultados da última safra de soja, é possível encontrar na plataforma estudos sobre mais de 700 cultivares de soja e milho, em diferentes épocas de plantio. Os materiais em questão foram testados pelo time de pesquisadores da entidade e pode servir como base para escolha de insumos. Entre os itens disponíveis, estão o histórico de safras, campeões de produção e os demais resultados de pesquisas.

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

Na avaliação do presidente da Fundação MS, Luciano Mendes, o sistema proporciona mais agilidade na difusão dos resultados de pesquisas. “Todos os trabalhos realizados pelos setores de fitotecnia da soja e milho podem ser acessados de forma objetiva e simples, auxiliando na tomada de decisão do produtor rural no cotidiano”, pontua.

Por meio da criação do CPD – Centro de Processamento de Dados, é possível antecipar a entrega dos resultados. De acordo com o coordenador da unidade, Thiago Romeiro, o setor tem o intuito de agilizar a parte de pesagem das amostras e tabulação, gerando relatórios mais completos.

A metodologia de trabalho realizada pelo setor é simples e objetiva. “De início, uma equipe fixa, faz a pré-limpeza das amostras colhidas em campo, onde são retirados os resíduos e impurezas. Depois, outro grupo de profissionais realiza a pesagem das parcelas de pesquisas, utilizando, também, equipamentos como medidor de umidade e duas balanças, sendo uma de precisão e outra com capacidade ampliada para amostras maiores”, explica Thiago.

“Utilizando o CPD – Centro de Processamentos de Dados ganhamos em agilidade. Dessa forma os resultados serão divulgados, tão logo a colheita seja finalizada. Portanto, antes das campanhas de compras de insumos, produtores rurais, assistências técnicas e demais profissionais conseguirão planejar a safra seguinte, analisar preços e estudar outros custos, o que certamente irá refletir em resultados positivos na produtividade final”, destaca o pesquisador da área de fitotecnia da soja, André Bezerra.

SERVIÇO

Os resultados são divulgados no Portal do Associado. A ferramenta pode ser acessada por meio do endereço onde há explicações sobre formas de se cadastrar e ficar por dentro das atualizações.

*Correio do Estado

Confira também

Exportação de celulose dobra e atinge US$ 944 milhões

O bom desempenho nas vendas externas da soja e da celulose, que praticamente dobrou sua …