Home / Capital / Após quatro anos desativado, City Tour será retomado pela prefeitura

Após quatro anos desativado, City Tour será retomado pela prefeitura

A Prefeitura de Campo Grande vai retomar o City Tour Oficial, que está desativado há quatro anos. A decisão foi divulgada na edição de hoje do Diário Oficial do Município (Diogrande), com a publicação da lei n° 6.028, que autoriza o Poder Executivo a instituir o passeio. Porém o serviço vai ser feito por meio de processo licitatório, com a concessão da exploração por  de dez anos – também foi autorizada a prorrogação por igual período.

Em dezembro do ano passado o prefeito Marcos Trad anunciou, durante a abertura da Cidade do Natal, o retorno do passeio durante o funcionamento do local. Na época o prefeito afirmou que a volta do ônibus de turismo que passa pelos principais pontos da cidade era permanente e não somente para a época das festas de fim de ano.

“Nada na nossa gestão vai ser para enganar a população. A gente devolveu ele [City Tour] para todos os anos, inclusive vou deixar pronto para o outro gestor”, disse o prefeito no dia 10 de dezembro.

A prefeitura foi questionada pela reportagem sobre a retomada do serviço no fim do ano passado, ou seja, há mais de seis meses, mas não havia dado detalhes sobre o assunto.

Na lei que autoriza o retorno do passeio, que deve ser operado pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), ficou definido que serão pelo menos duas saídas diárias do ônibus, que podem ser nos períodos diurno e noturno. Também há exigência de acessibilidade para pessoa com deficiência.

Foi definido ainda que o roteiro do City Tour deve ser realizado em locais que tenham logística e infraestrutura adequada, espaço definido para a parada do ônibus, tempo de duração e estimular o consumo de produtos regionais.

“Os pontos turísticos serão definidos mediante resolução da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo”, afirma o texto da publicação, completando ainda que “além do roteiro oficial do City Tour de Campo Grande-MS, poderão ser criados roteiros temáticos, como de Natal, para atender eventos geradores de fluxo de turistas conforme acordo com a Sectur, nos bairros de Campo Grande, conforme demanda do município”.

Há previsão ainda de reserva de 74 vagas por semana destinadas às atividades organizadas pelo município, para cotas destinadas as instituições filantrópicas, escolas públicas municipais, Centros de Educação Infantil (Ceinf), e grupos da terceira idade dos Centros de Atendimento Social (CRAS).

“Nestes casos, será cobrado apenas o valor do seguro, sendo que as reservas e organização dos passeios turísticos serão de responsabilidade da entidade, devendo ser feito a reserva com antecedência”.

*Correio do Estado

Confira também

Alta do dólar não afasta turistas e vendas na fronteira crescem

Mesmo com a forte valorização do dólar, movimento de turistas em férias contribuiu para aquecer …