Home / Capital / Prefeito promete “mais uma dezena” de novos ônibus

Prefeito promete “mais uma dezena” de novos ônibus

O prefeito Marcos Trad (PSD) prometeu “no mínimo mais uma dezena” de novos ônibus para a frota do transporte público de Campo Grande. Segundo o mandatário, os veículos devem entrar em operação até o aniversário de 119 anos da Capital, no próximo dia 26 de agosto.

O anúncio foi feito durante lançamento do aplicativo “Todos no Ônibus”, pela manhã de hoje (11), na sede do Instituto Sul-mato-grossense para Cegos Florivaldo Vargas (Ismac).

Trad não soube precisar a quantidade de novos ônibus, mas adiantou que serão equipados com ar-condicionado. “[A quantidade] é com o consórcio. No mínimo mais uma dezena. A gente já tem 13 [com ar-condicionado e climatizadores]. Com mais uma dezena já teremos 23”.

Também presente no evento, o diretor do Consórcio Guaicurus, João Rezende Filho, explicou que o número deve ser definido até segunda-feira. “Todos os anos nós temos que comprar novos ônibus. Vamos sentar entre hoje e segunda para definirmos quantos serão”.

Reportagem publicada noo jornal Correio do Estado revelou que os próprios funcionários do Consórcio Guaicurus, responsável pela prestação do serviço de transporte público em Campo Grande, confirmam a quebra diária de veículos da frota, deixando usuários desassistidos.

A prefeitura, por sua vez, reconhece que a fiscalização dos veículos é deficiente.

Segundo o prefeito, os defeitos no asfalto da cidade contribuem para a rotina de ônibus enguiçados. “A nossa malha viária não é uma perfeição e ela ajuda, sim, a diminuir o tempo de vida e acelera o desgaste dos veículos”.

Porém, Trad não atribui a situação a apenas uma causa. “Isso por si só não é justificativa para tantos erros que a gente tem constatado e aplicado multas no consórcio”.

De acordo com contrato firmado entre a prefeitura e Consórcio Guaicurus, ônibus com mais de dez anos de fabricação não podem circular. Em fevereiro deste ano, reportagem do Correio do Estado revelou que 19 ônibus em operação estavam com prazo de vida útil vencido.

*Correio do Estado

Confira também

Capital depende de recursos do PAC para recapeamento

De projetos travados a salvação em momento de crise econômica. Os recursos do Programa de …