Home / policial / MPE instaura inquérito para investigar escrivão da Civil

MPE instaura inquérito para investigar escrivão da Civil

O Ministério Público Estadual (MPE)  instaurou inquérito contra um escrivão da Polícia Civil que teria se apropriado de valores depositados como fiança em autos de prisão em flagrante. O procedimento foi instaurado pela 31ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Campo Grande.

De acordo com a publicação do Diário Oficial do MPE de hoje (18), serão investigados atos de improbidade administrativa comentidos por Wellington Aparecido Franco Barbosa.

Conforme o MPE, ele estaria se aproveitando do cargo de escrivão para se apropriar indevidamente dos valores depositados para pagamento de fiança em casos de prisão em flagrante. A publicação é encabeçada pelo promotor de Justiça Humberto Lapa Ferri.

Wellington atuava na 6ª Delegacia de Polícia de Campo Grande.  Em junho do ano passado, ele foi afastado de suas funções e teve de devolver a arma e a carteira funcional. Ele também perdeu o acesso ao sitema de dados da instituição policial. O afastamento foi decorrente de uma medida imposta pela Justiça.

*Correio do Estado

Confira também

Sargento da PM preso pede exoneração

O sargento da Polícia Militar Ricardo Campos Figueiredo, de 42 anos, pediu exoneração do cargo …