Home / Brasil / Evento de Puccinelli tem presença de Henrique Meirelles

Evento de Puccinelli tem presença de Henrique Meirelles

Cotado como possível pré-candidato a presidente da República na última semana pelo MDB, o ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, estará presente no evento “MS Maior e Melhor” que começa daqui a pouco na Associação Cultural Nipo Brasileira, em Campo Grande.

Neste momento dirigentes regionais aguardam o Ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, no Aeroporto Internacional. Junto com ele vem a grande surpresa do evento, o provável candidato a presidente do partido.

O local já está lotado e marca o último encontro do pré-candidato a governo de Mato Grosso do Sul, o ex-governador André Puccinelli (MDB) com seus correligionários. Depois de percorrer o Estado todo com o programa, ouvindo os militantes e a população, a cúpula irá fazer o planejamento da campanha.

NACIONAL

Nos últimos dias, as chances do presidente da República Michel Temer (MDB) disputar a reeleição se tornaram mínimas. Por isso a orientação tem sido colocar Merielles nas viagens partidárias emedebistas pelo país.

As chances de Meirelles ser o candidato aumentaram principalmente em razão do quadro de completa indefinição sobre o melhor nome para representar o campo de centro na eleição de outubro.

Na avaliação de assessores de Temer, Geraldo Alckmin (PSDB) tem enfrentado dificuldades para subir nas pesquisas, podendo levar a um cenário, no início do primeiro turno, com pelo menos três candidatos de centro.

O desempenho nos primeiros dias de campanha mostraria qual deles teria mais chance de chegar ao segundo turno e receber o apoio dos demais. Apoio este que poderia ser oficializado até na segunda metade do primeiro turno.

Candidato do MDB

Num quadro como esse, interlocutores de Temer avaliam que o MDB precisaria ter um candidato.

Como a candidatura do presidente é rejeitada por boa parte do próprio MDB, Meirelles seria a opção para, pelo menos, começar a eleição com um nome do partido na disputa.

Ele teria, ainda, a vantagem de dispor de recursos financeiros para bancar parte dos gastos da campanha e não se oporia a algumas alianças estaduais do MDB fora da que será feita no plano nacional.

*Correio do Estado

Confira também

Miglioli lança pré-candidatura ao Senado nesta sexta em Rio Verde

Nesta sexta-feira, dia 22 e junho, a partir das 19 horas, o engenheiro Marcelo Miglioli …