Home / Estado / Agronegõcio / Baixa temperatura marca início da Expoagro

Baixa temperatura marca início da Expoagro

Começou hoje com chuva e temperatura baixa a 54ª Exposição Agropecuária de Dourados (Expoagro) na esperança de faturar R$ 120 milhões com a venda de equipamentos e máquinas, serviços, leilões e shows.

Considerada a maior feira agropecuária do interior de Mato Grosso do Sul a Expoagro, conforme Lúcio Damalia, presidente do Sindicato Rural já se consolidou como referência de feira no Brasil. Nos dez dias de festa haverá também palestras técnicas e expositores de várias regiões do país.

A abertura oficial da Expoagro acontecerá amanhã, ás 10h, no auditório do Parque de Exposição João Humberto de Carvalho com a presença de empresários ligados ao agronegócio e lideranças políticas.
A primeira atração musical da Expoagro será o DJ Alok que será precedido por um show do cantor Jefferson Moraes. Amanha a atração será a dupla Fernando e Sorocaba.

Desde o início da manhã dezenas de operários estão trabalhando na montagem final dos estandes. Nem mesmo a chuva impediu a realização dos trabalhos, disse o presidente do Sindicato Rural.

OUTRAS ATRAÇÕES

Outra atração da Expoagro é a Exposhopping que este ano tem como tema “Plantas, Flores e Sustentabilidade”, e está sendo organizada pela a Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados)

Até o dia 20 de maio, serão comercializados na Exposhopping plantas e flores, acessórios para jardinagem, vasos para plantas de diversos tamanhos, artesanato sustentável, móveis para grandes e pequenos espaços feitos com material reutilizado e ainda tecnologias que promovem a economia no consumo de energia e de água.

“Nós queremos que o visitante da Exposhopping veja que é possível aliar empreendedorismo e sustentabilidade. É um tema atual e importante. Queremos que empresários, produtores rurais e profissionais de todas as áreas na nossa cidade se sintam inspirados a fazer a diferença com a nossa programação”, afirma Elizabeth Rocha Salomão, presidente da Aced.

Parte da renda com a comercialização de flores e plantas será revertida para o Hospital de Amor de Barretos, que possui uma comissão municipal que viabiliza a implantação de uma Unidade de Diagnóstico Avançado, em Dourados. A associação apoia esta iniciativa.

No Pavilhão Aced também serão promovidos com o apoio de parceiros 14 palestras, aulas e cursos. Terão informações gratuitas sobre empreendedorismo, planejamento de negócios, manejo de plantas suculentas, cultivo de orquídeas, orientações sobre como montar um jardim vertical, plantas comestíveis, sustentabilidade aplicada e ainda empoderamento feminino.

*Correio do Estado

Confira também

Produção de milho em MS tem queda estimada em 32%

Produção do milho safrinha em Mato Grosso do Sul fechou com queda de 32% na …