Home / policial / Governo do Estado autoriza concurso para Polícia Civil
Segundo Giancarlo Miranda concurso é reivindicação antiga da categoria

Governo do Estado autoriza concurso para Polícia Civil

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) assinou, nesta sexta-feira (6), uma autorização para abertura de concurso público para peritos e papiloscopistas em Mato Grosso do Sul. A previsão é de 170 vagas, sendo 40 para médicos legistas, 40 para peritos criminais, 40 para papiloscopistas e 50 para agentes de polícia científica.

De acordo com Giancarlo Corrêa Miranda, presidente do Sindicato dos Policiais Civis em Mato Grosso do Sul (Sinpol-MS), há aproximadamente 15 anos não era realizado um concurso do tipo no Estado.

“O Sinpol tem reivindicado, os servidores da perícia tem reivindicado esse concurso”, declarou ele, sobre a autorização para abertura do processo e contratação de novos peritos papiloscopistas e criminais. “Toda a área pericial será preenchida com essas vagas”.

Durante o evento de assinatura de autorização para o concurso, na governadoria, Reinaldo Azambuja assinou também a alteração na Lei Orgânica da Polícia Civil, referente a promoção. Antes, os critérios para promoção consistiam em: ter pelo menos dois anos na classe, fazer cursos necessários e haver disponibilidade de vagas. Com a mudança, o policial precisa completar cinco anos na classe, fazer os cursos e, com isso, passe a ser habilitado, automaticamente, para a promoção.

“Antes, 80% eram promovidos por critério de antiguidade e 20% por merecimento, o que dava muita margem para promoções de caráter político”, disse o presidente Giancarlo. Já o governador declarou que “agora, vai ser promovido, por merecimento, aquele policial que honra o cumprimento de suas funções”.

Foram alterados ainda os dispositivos de promoção e reclassificação dos agentes penitenciários. “Uma das primeiras medidas foi zerar a fila das carreiras de Polícia Militar e Bombeiro Militar. Em um momento em que o País vive explosão de violência e vários estados encontram dificuldades para honrar com seus compromissos, Mato Grosso do Sul vai na via contrária, investindo na estrutura de trabalho do policial e reduzindo os índices de criminalidade”, pontuou Azambuja.

POLÍCIA CIVIL

No ano passado, foi realizado um concurso para a Polícia Civil em Mato Grosso do Sul. Ao todo, foram ofertadas 210 vagas, sendo 100 para o cargo de investigador, 80 para escrivão e outras 30 para delegado.

O ato de assinatura da autorização da abertura de concurso público para Perito e Papiloscopista ocorre na sala de reuniões do gabinete na Governadoria, localizada no Parque dos Poderes, em Campo Grande.

*Correio do Estado

Confira também

Concurso da Polícia Militar na Capital vira caso de polícia

Mais de sete candidatos que fizeram concurso público de Soldado da Policia Militar do Estado …