Home / policial / Choque prende envolvido em assalto a família na capital

Choque prende envolvido em assalto a família na capital

Batalhão de Choque da Polícia Militar prendeu na madrugada de ontem, em Campo Grande, um dos envolvidos no roubo de uma família ocorrido no dia 16 de março, na região do Jardim Manaíra. Na ocasião, três criminosos invadiram residência localizada na Rua Tâmbia, renderam cinco pessoas, entre elas duas crianças, as mantiveram em cárcere e em seguida fugiram levando um veículo Golf e uma moto Honda Biz.

O Golf, conforme apurado pelo Choque, foi encaminhado ao Paraguai, onde foi negociado com o crime organizado. Foram presos Heron Tavares de Araújo, de 23 anos, Felipe Santos de Almeida Martins, 20, e Denis Gazula Simão da Silva, 21. Heron confessou execução do roubo juntamente com outros comparsas. Já Denis participou do comércio da moto, tanto que o veículo foi apreendido com ele. Felipe era foragido da cadeia.

O ROUBO

Homem de 33 anos relatou que, na noite do último dia 16,  enquanto comprava bebida em uma conveniência perto de casa, percebeu que um desconhecido o observava de forma suspeita. Ele foi embora, tomou banho e, logo após se deitar, ouviu um barulho no portão. Ao se aproximar, se deparou com a sogra sendo jogada no chão por três homens que anunciaram assalto.

A esposa, a sogra e as filhas foram trancadas no quarto, enquanto os ladrões exigiam do homem supostos R$ 30 mil e uma pistola que ele teria guardado em casa. Durante a ação, o bando afirmava que, conforme terceiros, havia armas no local. A vítima alegou que um amigo trouxe pistola de airsoft do Paraguai e que os vizinhos tinham visto. Em seguida o trio começou a carregar o Golf e a moto com pertences da família.

Dois deles foram embora e outro ficou no local, mantendo a família em cárcere. Ele dizia ser de São Paulo e que estava na Capital sul-mato-grossense apenas para cometer o crime. Mais tarde, já por volta das 2 horas da manhã do dia 17, ele liberou as vítimas, mas antes de partir, perguntou se tinham ligação com a facção Primeiro Comando da Capital (PCC) pois, caso tivessem, teriam os pertences devolvidos, já que o grupo não roubaria “parceiros”.

PRISÃO

Na madrugada de ontem, durante rondas pela Avenida Presidente Ernesto Geisel, nas imediações do Guanandi II, o Choque abordou veículo Corsa ocupado por Heron, Felipe e um terceiro indivíduo. Enquanto a polícia os averiguava, Heron tentou fugir, mas foi rapidamente capturado. Ele confessou ter participado do roubo à família e afirmou ter feito tudo com ajuda de outros criminosos, porém, não forneceu a identidade deles.

Heron relatou que o Golf havia sido levado para a fronteira, mas que a moto estaria na Capital, com Denis. O veículo foi apreendido na casa de Denis e ele relatou ter comprado de Heron por R$ 500 e uma jaqueta de couro. Felipe, por sua vez, era foragido da Colônia Penal Agroindustrial da Gameleira. Os três foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil.

*Correio do Estado

Confira também

Concurso da Polícia Militar na Capital vira caso de polícia

Mais de sete candidatos que fizeram concurso público de Soldado da Policia Militar do Estado …