Home / Estado / Agronegõcio / Governo vai reduzir ICMS na pecuária pantaneira
Produção com sustentabilidade de animais orgânicos no Pantanal será incentivada pelo governo do Estado

Governo vai reduzir ICMS na pecuária pantaneira

A produção de carne orgânica de forma totalmente sustentável  no Pantanal terá incentivos com redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Isso será possível graças a um subprograma do governo do Estado que está sendo implementado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro). Aos moldes de outras ações do Programa de Avanços na Pecuária de Mato Grosso do Sul (Proape), produtores da região pantaneira que aderirem ao subprograma Carne Sustentável e Orgânica do Pantanal poderão ter queda de 50% a 67% do imposto devido.

“Estamos promovendo o resgate do processo produtivo tradicional do Pantanal, aproveitando um nicho de mercado e abrindo novas oportunidades de negócio para Mato Grosso do Sul. É uma forma de estimular a preservação de pastagens naturais no Pantanal, de favorecer que boas práticas de produção sejam replicadas e de agregar mais valor ao produto da região”, comentou o secretário Jaime Verruck, da Semagro, ao anunciar o lançamento do benefício na abertura do Fórum “Oportunidades de precificação de carbono no setor agropecuário”, realizado na terça-feira, na Famasul. O evento contou com a presença do governador Reinaldo Azambuja.

“É uma iniciativa para darmos mais competitividade ao produtor do Pantanal e incentivarmos a pecuária bovina de baixo impacto ambiental. Esse programa funciona ainda como ferramenta para continuarmos com um alto nível de preservação do nosso bioma e estimularmos a atividade econômica focando na rentabilidade do homem pantaneiro”, afirmou o governador.

*Correio do Estado

Confira também

Estiagem derruba produtividade e safra pode ficar menor

A falta de chuvas em regiões produtoras entre os meses de março e abril, quando …