Home / Cidades / Fábrica chinesa atrasa e só deve ficar pronta em 2019

Fábrica chinesa atrasa e só deve ficar pronta em 2019

Lançado em 2015, um dos maiores investimentos em Mato Grosso do Sul no setor de beneficiamento de grãos teve novamente o cronograma alterado e deve entrar em operação somente em meados de 2019.

A indústria de processamento do milho é capitaneada pelo grupo chinês BBCA, em um investimento inicial de US$ 1,2 bilhão (mais de R$ 3 bilhões) e deveria entrar em operação neste mês em Maracaju.

Porém, a execução do projeto vem sendo mantida a ritmo lento de construção e até chegou a ser paralisada nos últimos meses por conta de questões financeiras e também a queda de braço entre empresa e governo brasileiro em relação à importação de equipamentos e mão de obra da China.

*Correio do Estado

Confira também

Prefeitura de Antônio João recupera MS-164 nos limites do município

O Governo Municipal de Antônio João está recuperando desde as primeiras horas da manhã desta …