Home / Mundo / Cem mil deixam casas após alerta de vulcão

Cem mil deixam casas após alerta de vulcão

Por volta de 100.000 pessoas foram obrigada a deixar suas casas após as autoridades da Indonésia elevarem o alerta de erupção do vulcão Monte Agung, em Bali, para o nível máximo. O aeroporto da ilha também foi fechado, dificultando a evacuação de milhares de turistas.

As autoridades locais alertaram os moradores para que respeitem a zona de evacuação estabelecida no entorno do monte, já que rochas e outros detritos podem cair a qualquer momento. A fumaça escura e as cinzas expelidas pelo vulcão já atingem mais de 3.400 metros acima do cume da montanha.

As cinzas cobriram estradas, carros e prédios próximos ao vulcão no nordeste da ilha. Durante a noite um brilho vermelho, que aparentava ser magma, podia ser visto em fotografias tiradas pela Antara, a agência de notícias estatal.

“A atividade do Monte Agung entrou na fase de erupção magmática. Ainda está soltando cinzas no momento, mas nós precisamos monitorar e ser cautelosos sobre a possibilidade de uma forte e explosiva erupção”, disse Gede Suantika, uma autoridade da agência de vulcanologia e geologia de mitigação de desastres no domingo.

Bali, famosa por suas praias, templos e surfe, atraiu quase 5 milhões de visitantes no ano passado, mas os negócios despencaram em áreas em torno do vulcão desde setembro, quando os tremores vulcânicos do Agung começaram a aumentar.

O Agung cresce majestosamente sobre o leste de Bali em uma altura de mais de 3.000 metros. Quando o vulcão entrou em erupção pela última vez, em 1963, deixou mais de 1.000 mortos e destruiu diversas vilas.

*Com Reuters

Confira também

Estados Unidos aprovam reforma tributária

O Senado dos Estados Unidos aprovou neste sábado uma ampla reforma tributária, em um grande …