Vaias a Luciano Huck continuam nas redes sociais

Uma das poucas vitórias do país no início da Rio-2016 teve um gosto amargo para um torcedor famoso. Entrevistado no intervalo do jogo da seleção masculina de vôlei contra o México, neste domingo, Luciano Huck foi vaiado ao aparecer no telão do Maracanãzinho. O apresentador, que estava com os filhos Joaquim e Benício, é um grande apoiador do tucano Aécio Neves, candidato derrotado à Presidência da República em 2014, e um dos defensores do impeachment de Dilma Rousseff.

Questionado sobre a manifestação do público, Huck contemporizou — “Faz parte”, disse. Mas nem por isso as vaias diminuíram. Pelo c0ntrário: elas seguem nas redes sociais, onde, entre pedidos de ajuda, o apresentador do Caldeirão do Huck, da Globo, vem recebendo pedradas. “Quem com porcos anda, farelo come e viverá sujo… O.o”, decretou uma usuária do Instagram, na conta de Huck. “Vai morar em Miami com o dinheiro que ganhou aqui”, escreveu outro. “Uuuuuuuu vaiado! Kkkkkk”, riu-se um terceiro.

A hostilidade foi e é tamanha que o termo “vaia” já aparece ao lado de “Luciano Huck”, quando o nome do apresentador é digitado no Google.

Mas é claro que há os fãs que o apoiem e aqueles que pedem que Luciano Huck, famoso por promover assistencialismo em seu programa, os ajudem. “Luciano, espero um dia você ser tocado por Jesus e vir aqui ajudar, gostaria de ter meu próprio salão”, escreve uma seguidora.

*Veja

Confira também

‘Me chutaram pela porta dos fundos’, diz Evaristo Costa após ser demitido da CNN

Respondendo perguntas de internautas no story do Instagram, Evaristo Costa revelou que não recebeu um …