Turista da Bolívia é flagrado com carne de jacaré na BR-262 e acaba preso pela PMA

Policiais Militares Ambientais de Miranda realizavam fiscalização na BR-262  e abordaram ontem (2) um ônibus de transporte intermunicipal. Ao vistoriar o bagageiro do veículo, encontraram vários pacotes pequenos, que continham carne de animal silvestre e pescado ilegal. Havia uma pele de jacaré com cabeça, 2 kg de carne de jacaré em filé e 5 kg de pescado beneficiado em postas das espécies pintado e cachara.

O produto ilegal pertencia a um passageiro de 68 anos, natural de Tupã (SP) e residente na Bolívia, que tinha passagem até a cidade de Miranda. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Delegacia de Policia Civil de Miranda, onde foi autuado em flagrante por crimes ambientais de transporte de produtos da caça ilegal e da pesca predatória. A pena relativa à carne do jacaré é de seis meses a um ano de detenção e pelo transporte do pescado ilegal é de um a três anos de detenção.

Os Policiais também confeccionaram autos de infração administrativos e arbitraram multa de R$ 1.260,00 contra o infrator.

Confira também

Mais um caso: motoristas e ajudante são presos transportando cocaína em ônibus em MS

Na tarde de sábado (18), três homens de 44, 54 e 59 anos foram presos …