Suspeito é preso por causar incêndio que devastou cidade nos EUA

Um homem foi preso na segunda-feira por suspeita de ter iniciado um incêndio criminoso que destruiu 175 casas no norte da Califórnia, nos Estados Unidos. O fogo foi ampliado por fortes ventos e ameaça afetar outras 1.500 estruturas na comunidade de Lower Lake e suas redondezas, informou Departamento de Proteção ao Fogo da Califórnia (Cal Fire).

Damin Pashilk, de 40 anos, enfrenta 17 acusações por incêndios criminosos, incluindo este mais recente e outros casos no ano passado. “O Sr. Pashilk cometeu um crime horrível e iremos buscar acusações até as maiores extensões da lei”, disse o chefe do Cal Fira, Ken Pimlott, em comunicado. As autoridades não têm certeza se o homem agiu por conta ou própria ou se teve ajuda.

O fogo no condado de Lake iniciou no último sábado e já destruiu 4.000 acres, entre residências e florestas. As condições áridas da região, que costuma ser vítima de incêndios florestais, acabaram expandindo a proporção das chamas e os bombeiros só conseguiram controlar 5% do fogo até a segunda-feira.

*Com Reuters

Confira também

Astronauta registra do espaço erupção de vulcão

Um astronauta francês fotografou a erupção do vulcão de Cumbre Vieja, nas Ilhas Canárias, vista do …