Sistema de monitoramento reforça segurança no presídio de Nova Andradina

O Estabelecimento Penal Masculino de Nova Andradina (EPMNA) agora conta com um moderno sistema de videomonitoramento. Composto por nove câmeras com resolução em Full HD e dois monitores, através dele é possível monitorar a movimentação dentro e fora da unidade prisional.  Além disso, o sistema também mantém as imagens salvas por um período de 30 dias.

A implantação do videomonitoramento ocorreu há cerca de 15 dias, graças a uma parceria da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) com o Conselho da Comunidade de Nova Andradina e com o Conselho de Segurança, que financiaram a compra dos equipamentos.

Com as câmeras, os agentes conseguem monitorar 24 horas por dia a movimentação no presídio, ter visualização de pontos mais sensíveis para a fuga, como telhado, além de ser possível monitorar quem chega ao local. “Melhorou 100%, principalmente por que ajuda a minimizar a escassez de agentes, dá mais visibilidade da unidade como um todo, ajudando a dificultar a ocorrência de fugas e demais atos ilícitos”, destaca o diretor do EPMNA, Jorge Leandro dos Santos.

videomonitoramento-1-1024x576

Para o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, o uso da tecnologia tem se demonstrado muito útil para reforçar a segurança nas unidades prisionais. “O videomonitoramento torna mais rápida qualquer ação necessária, tanto para contenção de possíveis tentativas de fuga, quanto para repressão de tentativas de ataques externos”, ressaltou.

Stropa também agradeceu o importante apoio do Conselho da Comunidade e do Conselho de Segurança em prol da melhoria estrutural da unidade penal, que reflete diretamente em benefícios para a toda a população, já que reforça a segurança no presídio.

As parcerias, ressalta o dirigente, têm sido importantes para a estruturação presídio de Nova Andradina, já que a unidade foi a última a ser assumida pela agência penitenciária, pois até o final de 2014 o local funcionava como delegacia com carceragem e, de lá para cá, vem recebendo uma série de melhorias estruturais, como o videomonitoramento, entre elas instalação de salas de aulas, construção de solário e novo setor de saúde.

Confira também

Agepan atua para garantir transporte legal a estudantes que retomaram aulas

Com a volta parcial de aulas presenciais em universidades da Grande Dourados, a Agência Estadual …