Segundo ‘prévia’ do PIB, recessão se manteve no segundo trimestre

A atividade econômica recuou no segundo trimestre deste ano, segundo o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) , apurado pelo Banco Central, considerado uma espécie de prévia do resultado do Produto Interno Bruto (PIB). O IBC-Br dessazonalizado (ajustado para o período) caiu 0,53% no segundo trimestre em relação ao período de janeiro a março deste ano.

Em comparação com o segundo trimestre de 2015, a queda foi de 4,37%. Em junho, o IBC-Br avançou 0,23% na comparação com maio (dado dessazonalizado). No primeiro semestre, houve retração de 5,96% e, nos doze meses encerrados em junho, de 5,67%.

O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira e ajuda o BC a tomar decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic.

O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos. O indicador oficial sobre o desempenho da economia é calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O PIB é a soma de todas as riquezas produzidas pelo país.

*Com Agência Brasil

Confira também

PIX saque e troco: como será a funcionalidade

Após o lançamento do PIX em novembro de 2020, o BC (Banco Central) planeja lançar duas novas …