Rússia perde apelação contra banimento da Paralimpíada do Rio

O Tribunal Arbitral do Esporte rejeitou pedido do Comitê Paralímpico da Rússia contra seu banimento da Paralimpíada do Rio de Janeiro e, com isso, os atletas russos não participarão dos Jogos. O Comitê Paralímpico Internacional (IPC, na sigla em inglês) anunciou em entrevista coletiva no início de agosto, que, por envolvimento com doping, os pelo menos 250 competidores russos deveriam ficar ausentes do evento entre os dias 7 e 18 de setembro.

O Tribunal disse que sua comissão avaliou que o IPC “não violou nenhuma regra de procedimento ao tratar do processo disciplinar” que levou à suspensão da Rússia do evento. Ainda de acordo com eles, o veredicto foi “proporcional nestas circunstâncias” e o Comitê Paralímpico Russo “não apresentou nenhum indício contradizendo os fatos nos quais a decisão do IPC se baseou”.

O IPC foi mais longe do que o Comitê Olímpico Internacional (COI), que não chegou a impor uma suspensão coletiva à Rússia na Olimpíada do Rio de Janeiro de 2016 deste mês, deixando a decisão nas mãos das federações esportivas internacionais.

*Veja

Confira também

Lutadores de MS buscam medalhas no Nacional de Equipes de Jiu-Jitsu Desportivo

Pelo sétimo ano consecutivo, Mato Grosso do Sul marcará presença em um evento da Confederação …