Polícia fecha duas ‘bocas’ e três pessoas são presas em Caarapó

Rafaela Tais de Almeida de 19 anos, foi presa na noite de quarta-feira (03) por policiais do SIG (Serviço de Investigações Gerais), acusada de tráfico de drogas. A prisão aconteceu na rua Cuiabá em Caarapó. De acordo com o boletim de ocorrência, há sete dias os policiais monitoravam o local, após receber denúncia de que no endereço citado era comercializado drogas.

Após observar a grande movimentação de pessoas e veículos no local, os policiais abordaram um homem (que não teve o nome divulgado) que foi a casa e saiu rapidamente e atitude suspeita. Com ele foram encontradas três porções de ‘crack’.

Ao ser questionado o rapaz disse ter adquirido a droga na casa com uma mulher morena. Os policiais se deslocaram até a casa e no local encontraram Rafaela, em vistoria localizaram em cima de um móvel na sala, uma sacola plástica nove porções da droga. Foram apreendidos ainda uma quantia em dinheiro.

Consta ainda na ocorrência, que segundo informações apuradas pela polícia no local mora ainda outra mulher identificada apenas como Thalia, porém a mesma não foi localizada.

Diante dos fatos Rafaela foi autuada por tráfico de drogas.

Ainda na quarta-feira (03), foram presos acusados de tráfico de drogas Jean Carlos Graton e Livrada Martins Saguina. A prisão aconteceu na avenida Duque de Caxias na Vila Planalto em Caarapó.

Segundo o boletim de ocorrência, o local também foi citado como ponto de venda de drogas, que era comercializado por Livrada. De acordo com informações apuradas pela polícia, quando a mulher não estava o filho de 13 anos é quem comercializava o entorpecente.

Consta na ocorrência que ao monitorar o local, os policiais ao notarem a presença de uma pessoa que entrou e saiu do local duas vezes em atitude suspeita, realizaram a abordagem.

Durante a abordagem os policiais identificaram como sendo um menor, que alegou ir ao local adquirir drogas para um conhecido. Ao chegar na casa, foi constatado que apenas um adolescente de 13 anos, filho de livrada estava no local.

Ao ser questionado sobre os entorpecentes o menor mostrou onde estava, sendo oito porções no quarto do casal. Após alguns minutos Livrada e o padrasto do adolescente chegaram a casa.

Os dois foram presos acusados de tráfico de drogas, associação ao tráfico e corrupção de menores.

*Douradosnews

Confira também

Caminhoneiro de MS é sequestrado enquanto fazia reparos no veículo em rodovia

Na manhã de sábado (18), homem procurou a polícia para relatar que o pai, de …