O “Baby” de 160 kg vence duas por ippon e avança para as quartas

Bronze em Londres 2012, o judoca brasileiro Rafael Silva, o Baby, mantém vivo o sonho da nova medalha olímpica na categoria pesado (mais de 100 quilos) nos Jogos do Rio de Janeiro após vitória por ippon sobre o russo Renat Saidov.

A luta teve que ser interrompida 30 segundos após ter começado porque o cronômetro apresentou problema e parou de funcionar. Corrigida a dificuldade técnica, Baby foi dominado pelo russo no início do combate e acabou levando uma punição por falso ataque.

Apoiado pela torcida, que lota a Arena Carioca 2 apesar da forte chuva que atinge o Rio de Janeiro, o brasileiro se recuperou no combate, dominou a pegada e começou a tentar encaixar seus golpes. O russo, acuado, foi punido duas vezes por fugir da luta. Com a desvantagem, Saidov se abriu. Rafael aproveitou e, com 1min28s de luta, conseguiu um ippon com um osoto-makikomi.

Nas quartas de final, Rafael Silva terá pela frente o “fenômeno” Teddy Riner, ouro em Londres 2012, bronze em Pequim 2008, oito vezes campeão mundial e que não perde há 111 lutas, desde setembro de 2011.

*Com agência EFE

Confira também

Lutadores de MS buscam medalhas no Nacional de Equipes de Jiu-Jitsu Desportivo

Pelo sétimo ano consecutivo, Mato Grosso do Sul marcará presença em um evento da Confederação …