Radares serão desativados e multas canceladas

Reclamações de motoristas de Campo Grande fizeram com que a prefeitura seja obrigada a desativar todos os radares de trânsito que não são inspecionados pelo Inmetro há mais de 1 ano e também cancele multas emitidas por esses equipamentos. O pedido faz parte de recomendação do Ministério Público, que a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) tem 15 dias para responder se irá ou não atender.

De acordo com o promotor Fernando Martins Zaupa, há vários meses vários moradores da cidade fazem reclamação sobre a quantidade, circunstância e forma das aplicações das multas de trânsito. Os autuados também reclamaram da dificuldade em ter acesso aos detalhes das infrações.

A credibilidade dos aparelhos, segundo o promotor, também é questionada porque as aferições do Inmetro, em alguns casos, ocorrem no prazo maior de 1 ano.

Investigação sobre o fato já foi instaurada pelo MP que no início investigava o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), mas acabou concluindo que a responsabilidade era mesmo da Agetran.

Diante dos problemas, o promotor recomendou hoje à Agetran que desative todos os radares que tenham passado por inspeção do Inmetro há mais de 12 meses, ou seja, estiverem vencidos. O MP também quer que todas as multas de trânsito emitidas em aparelhos nessa situação sejam anuladas.

Outro pedido é que a Agetran desenvolva sistema onde os motoristas podem acompanhar o trâmite dos recursos interpostos, nos casos em que os condutores não concordam com as multas e recorrem.

A Agetran tem 15 dias para responder se irá cumprir a recomendação. À reportagem, a assessoria de imprensa da prefeitura informou que nunca houve emissão de multas, por parte da Agetran, registradas em equipamentos vencidos. “A cada 12 meses, é feita aferição conforme determina a resolução 396 de 2011 do Contran”, informou a nota.

*Correio do Estado

Confira também

Passageira é presa dentro de avião em Campo Grande após PF identificar droga em malas

Na madrugada do sábado (18), jovem de 22 anos foi presa em flagrante dentro de …