Mercedes-Benz paralisa produção em fábrica de São Bernardo

A Mercedes-Benz anunciou nesta segunda-feira que paralisou a unidade de produção de veículos comerciais em São Bernardo do Campo (SP). A unidade possui cerca de 10.000 funcionários da empresa, que ficarão sob licença remunerada por tempo indeterminado. A montadora alemã diz que tomou a decisão por causa do excedente na produção após quedas nas vendas desde 2014, e que também tem tomado medidas para reduzir a necessidade de cortes, como através de planos de demissão voluntária.

Segundo a Mercedes-Benz, haveria excesso de 2.000 colaboradores em São Bernardo. O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC disse que está em negociação com a empresa para evitar as demissões na unidade.

*Veja

Confira também

PIX saque e troco: como será a funcionalidade

Após o lançamento do PIX em novembro de 2020, o BC (Banco Central) planeja lançar duas novas …