Corrente de ouro 18K cravejada de diamantes foi arrematada por R$ 96.000

Leilão de bens do tráfico pode arrecadar mais de R$ 10 mi

Acontece hoje a segunda etapa do leilão dos bens do narcotraficante Odir Fernando Santos Corrêa, de 32 anos, preso durante a Operação Nevada, realizada pela Polícia Federal em junho deste ano. São ofertados relógios e joias, de preço estimado em R$ 400 mil, bem como duas fazendas, duas casas e 14 veículos, incluindo-se motos, carros, camionetes e caminhões, avaliados em aproximadamente R$ 10 milhões.

Toda a arrecadação é convertida em investimentos no combate ao crime organizado no país. Na primeira etapa do leilão, foram arrecadados R$ 508,7 mil com vendas de itens de cama e banho, móveis e outros objetos.

De acordo com a leiloeira Maria Fixer, no leilão realizado durante a semana passada foram oferecidos todos os bens apreendidos pela polícia na casa da Rua Serra Nevada, bem como em outros dois imóveis do traficante e de demais integrantes da quadrilha.

Havia desde roupas íntimas até peças de prataria e talheres banhados a ouro, perfumes importados, bebidas e móveis de alto padrão. Todo o material estava avaliado inicialmente em R$ 288 mil e deve ser retirado pelos compradores nesta segunda-feira, na casa da Serra Nevada, mediante comprovante de pagamento do lance.

Como previsto, na ocasião não foi possível leiloar todos os bens. Por esta razão, no dia 19 será realizada a segunda etapa. Para se ter uma ideia, relógios de ouro tipo Rolex custam cerca de R$ 85 mil.

Neste mesmo dia também haverá o leilão de imóveis, tais como a Fazenda Água da Mata Água do Biguá, avaliada em R$ 7,3 milhões, com 196,82 hectares, casas, barracões, curral, mangueira e minas d’água, localizada na Rodovia João Tavares Silva (PR-445), entre as cidades de Bela Vista (PR) e Primeiro de Maio (PR). Também há a Fazenda Rancho Fundo, de R$ 800 mil, na cidade de Rio Verde de Mato Grosso, às margens do Pantanal, perto do Rio Coxim.

Em Campo Grande tem uma casa de R$ 750 mil localizada na Rua Neuza Vargas Alencar, 516, Jardim Autonomista. Em Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai, há um sobrado com piscina e churrasqueira na Rua João Gualberto Cabral, 865, Bairro Granja, avaliada em R$ 600 mil.

A residência luxuosa da Serra Nevada não será vendida em razão de ter sido cedida à Polícia  Federal para instalação de uma base estratégica. Maria Fixer lembra ainda que nem todos os veículos da quadrilha estarão disponíveis, já que muitos devem ser cautelados à PF, por isso, apenas 14 serão ofertados.

Quem pretender participar deverá comparecer no auditório da Justiça Federal, a partir das 9h do dia 19 de agosto, na Rua Delegado Carlos Roberto Bastos de Oliveira, 128, Parque dos Poderes, em Campo Grande. Os interessados também podem  ofertar lances pela Internet, através  desse link. Para isso, precisam se cadastrar antecipadamente.

*O Estado

Confira também

Motorista é preso com cocaína avaliada em R$ 14 milhões escondida em tanque

Foi preso em flagrante nesta terça-feira (21), na BR-163 em Eldorado a 440 quilômetros de …