Erdogan se encontra com Putin para tentar retomar laços

O presidente turco Recep Tayyip Erdogan foi à Rússia nesta quinta-feira para um encontro com o presidente Vladimir Putin, a primeira reunião com um líder estrangeiro desde a tentativa de golpe militar na Turquia, em julho. A dupla de países teve suas relações abaladas em novembro do ano passado, quando um avião da força aérea da Turquia derrubou uma aeronave russa na Síria.

Putin e Erdogan iniciaram o encontro nesta manhã com um aperto de mãos cordial para a imprensa e o presidente russo declarou que está disposto a retomar a cooperação econômica e outros laços com a Turquia. Os dois ficarão reunidos durante o resto do dia, onde devem discutir especialmente estratégias para a crise na Síria. O evento é importante para que o presidente turco encontre algum aliado internacional após o golpe falho, já que diversos líderes ocidentais se mostraram contrários às políticas de repressão que tem usado para conter seus opositores.

Antes de deixar seu país, Erdogan se referiu a Putin como um “amigo” e disse esperar que o encontro marque uma nova página no relacionamento com a Rússia. “Essa visita é um marco para mim em nossas relações bilaterais, começando do zero”, afirmou o líder turco à agência de notícias Tass.

A possibilidade de uma trégua depois do episódio de novembro, que revoltou Putin, começou a se desenhar em junho. De acordo com a rede BBC, o Kremlin informou que Erdogan queria pedir desculpas pelo incidente na Síria e enviou uma mensagem à família de um piloto russo morto na ocasião. Já em 15 de julho, após a tentativa de golpe militar contra Erdogan, Putin foi um dos primeiros líderes internacionais a expressar apoio ao presidente turco. “A sua ligação logo após o golpe foi muito agradável para mim, nossa liderança e nosso povo”, comentou Erdogan antes da reunião.

*Veja

Confira também

Astronauta registra do espaço erupção de vulcão

Um astronauta francês fotografou a erupção do vulcão de Cumbre Vieja, nas Ilhas Canárias, vista do …