Casa de traficante será usada por núcleo de inteligência

A casa do narcotraficante Odir Fernando Santos Corrêa, 32, preso durante a Operação Nevada, será usada como posto estratégico de operações do Núcleo de Segurança e Inteligência da Fronteira, criado recentemente pelo Ministério da Justiça e Cidadania (MJC) em parceria com a Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

O imóvel, avaliado em R$ 3 milhões e situado na Rua Serra Nevada, em uma área nobre de Campo Grande, foi cedido à Polícia Federal  pelo juiz Odilon de Oliveira, da 3ª Vara da Justiça Federal, para ser usado, em princípio, como unidade administrativa. No entanto, há encaminhamento para que, futuramente, receba o núcleo de inteligência, considerando, principalmente, que a PF ficou encarregada de providenciar imóvel para instalação da base operacional.

*Correio do Estado

Confira também

Agepan atua para garantir transporte legal a estudantes que retomaram aulas

Com a volta parcial de aulas presenciais em universidades da Grande Dourados, a Agência Estadual …