Brasil escorrega, sofre 1ª derrota e renasce EUA no vôlei

Não deu para a seleção brasileira masculina de vôlei na noite desta quinta-feira. Após um início ruim, o time de Bernardinho foi dominado pelos Estados Unidos e até esboçou reagir, mas perdeu por 3 sets a 1, parciais de 25/20, 25/23, 20/25 e 25/20, pela terceira rodada da etapa de grupos dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

O resultado impediu que o Brasil seguisse com 100% de aproveitamento, deixou a Itália na liderança isolada do grupo A e, de quebra, ainda renasceu o forte time americano na competição.

Os EUA haviam sido derrotados em seus dois confrontos de estreia, diante de Canadá e Itália, e ficariam em condição bastante delicada se sucumbissem também nesta quinta-feira.

Com o triunfo, agora, os americanos têm o mesmo número de vitórias que o Canadá – uma, em três jogos – e disputam a quarta vaga da chave, que ainda tem a França ao lado do Brasil e atrás da Itália.

Os dois primeiros sets desta quinta foram terríveis para o time de Bernardinho, que derrotou nos dois jogos anteriores México e Canadá.

Irreconhecível, a seleção brasileira só conseguiu dois bloqueios nas duas primeiras parciais e foi dominado pelos Estados Unidos.

Com bons saques, Christenson e Sander foram dois dos principais nomes do time americano.

No terceiro set, o Brasil começou arrasador e atropelou os americanos nos pontos iniciais, abrindo boa vantagem. Mas deixou o rival encostar. O sufoco foi até o fim da parcial, que terminou com triunfo sul-americano.

A alegria, no entanto, durou pouco. A má atuação verde e amarela retornou na quarta etapa, para a sorte dos americanos, que aproveitaram o início ruim do Brasil para fechar a partida em 3 a 1.

*UOL

Confira também

Lutadores de MS buscam medalhas no Nacional de Equipes de Jiu-Jitsu Desportivo

Pelo sétimo ano consecutivo, Mato Grosso do Sul marcará presença em um evento da Confederação …