Vice-governadora se manifesta sobre Coffee Break

A vice-governadora Roseane Modesto (PSDB) divulgou nota na noite desta sexta-feira, dia 3 de junho, na qual falou a respeito das notícias envolvendo seu nome na operação Coffee Break – que investigou compra de votos para cassar o mandato do prefeito Alcides Bernal, em março de 2014.

Nesta semana, o Ministério Público Estadual (MPE) denunciou 24 pessoas por envolvimento na trama. Contudo, chamou atenção de setores da mídia, o fato de Rose (na época vereadora) ter ficado de fora da denúncia. Na nota, Rose cita que não foi denunciada pela Procuradoria-geral de Justiça ou por qualquer outro órgão.

Ela menciona que a investigação pelo Ministério Público deriva de um procedimento que já está em curso há quase dois anos. Para Rose, não há fato novo envolvendo o nome dela para a abertura de qualquer outro procedimento pelo Ministério Público. A vice-governadora esclarece que continua, “como sempre esteve, à disposição das autoridades competentes – e da mídia – para esclarecimentos que se fizerem necessários.”

*Diariodigital

Confira também

Empresa investigada vence licitação de R$ 18,7 mi

A Dighito Brasil venceu licitação aberta pela Governo de Mato Grosso do Sul, pelo valor de R$ …