Sem receber plantões, médicos vão parar

Alegando que não receberam pelos plantões trabalhados nos meses de abril e maio, os médicos municipais que atuam na Central Estadual de Regulação (CERA) podem entrar em greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda-feira (6).

A paralisação foi decidida de forma unânime durante a assembleia realizada em 23 de maio.  Os profissionais da regulação distribuem pacientes na rede pública de saúde. “Sem o trabalho destes médicos a parte de urgência e emergência ficará conturbada”, alerta o diretor de Comunicação Social do SINMED/MS, Renato Figueiredo.

Os médicos alegam que já tentaram dialogar com a prefeitura de Campo Grande, responsável pelo pagamento dos plantões, e não obtiveram resposta alguma. “Até o momento, nenhuma resposta foi enviada ao SinMed pela Sesau ao ofício encaminhado no dia 18/05/2016 questionando o motivo do atraso e solicitando informações sobre a respectiva regularização do pagamento dos plantões.”

O Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul (Sinmed/MS) informou que a categoria irá paralisar 100% do efetivo e manter 30% do atendimento de urgência, conforme determinado por lei.

*Diariodigital

Confira também

Empresa investigada vence licitação de R$ 18,7 mi

A Dighito Brasil venceu licitação aberta pela Governo de Mato Grosso do Sul, pelo valor de R$ …