Ministro do STF suspende exoneração do presidente da EBC

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu nesta quarta-feira a exoneração do jornalista Ricardo Melo como diretor-presidente da EBC, empresa pública de comunicação que abriga as TVs NBR e Brasil, além da Voz do Brasil, Agência Brasil e Rádio Nacional.

Em decisão liminar, o magistrado garantiu a permanência de Melo como dirigente da empresa enquanto o mérito da ação não for julgado. No mandado de segurança encaminhado ao Supremo, o jornalista argumentava que o Artigo 19 da Lei 11.652/2008, que criou a EBC, prevê que o diretor-presidente seja nomeado pelo presidente da República para mandato de quatro anos. Assim que assumiu o governo interino, Michel Temer retirou Melo do posto e indicou o jornalista Laerte Rimoli.

*Veja.com

Confira também

PF encontra 98 quilos de cocaína em casco de navio no litoral

Em uma nova apreensão de drogas no Porto de Santos, no litoral paulista, equipes da …